21.7.07

Conversa para avós

Neste blog fizemos sempre o enorme esforço de a levar a sério, fomos ler as fontes que a Patrícia citava, e mostrámos que para além das diversas fragilidades que estas continham, não permitiam de forma alguma que retirasse as conclusões que retirou.
Já está mais que explicado, Dra Patrícia, que o que tem piada não é a sua idade, mas a sua ignorância, a sua incapacidade para ler as fontes que cita, a sua teimosia em não querer perceber que disse, mascaradas de ciência, coisas que seriam graves se não fossem absurdas.

Já a minha avó, que nunca andou na guerra, não sabe línguas, e nem passeou nas instalações sanitárias do parlamento, sempre disse:
-lobotomiasinho , nunca te esqueças, nada é tão bom como pescadinhas de rabo na boca.

Ps-já repararam? O Picoito que tem tão boas e demonstradas capacidades para animar a malta, está sempre a falar desta estória mas nunca fala directamente desta estória. Ou seja temos que o ouvir mas não o suficiente para nos divertirmos um bocado. É triste.

2 comentários:

me disse...

Adoro-te outro outra vez!

Anónimo disse...

A Patty Lança só está cheia de inveja por não ter 20 anos agora e poder andar a fazer aquilo que finge condenar. Logo vá de se armar em moralista de meia tijela... Tadinha! Ou será o neto dela que escreve estes disparates todos usando o nome da vóvó?
Iris