21.3.08

Carbonato de Carla?

"(...) qui décolle ces jours-ci, est destiné à redresser l’image même de Sarkozy l’agité. Et qui peut changer un homme ? Sa femme. Ainsi vont fleurir d’opportunes confidences sur le fait qu’elle l’apaise, qu’il est tellement rasséréné qu’il ne dira plus jamais «casse-toi, pauv’ con !».


A França passou da fantasia da mulher com poder e decisão política para a fantasia das influências salubres da beleza feminina no lar. Um país transportado pela cor roxa de um vestido e o poder fálico de um presidente que o possui.
Isto numa europa onde há quem diga que a resistência e o arrojo das três Marias era coisa do passado, e onde feminismo é cada vez mais palavra a evitar por mulheres e homens que se prezem e tenham ambição.

Talvez por isto tudo Simone Veil tenha virado o rosto quando os olhares estavam a um fotograma de distancia.